domingo, 22 de novembro de 2009

Siga-me para a luz.

Sabendo-se que a luz existe
Às vezes meu coração pelo mal exige
Nossa natureza é triste
Continuamos a fazer atos ruins
E mesmo assim, com os mesmo fins.

Mas uma pessoa me aparece
No instante eu fiquei petrificado
Como se algo atingisse meu coração de vez
Mas assim não pude temer nada
Pois com ela eu estava.

Eu tinha ela comigo
Apesar de tudo o que se passava
Mas sabia que ela nem percebia
A presença minha
Teus olhos não me alcançavam
Tentativas se desperdiçavam.

No entanto, não aguentava mais
Fui deixado para trás
Não queria mais aquele sofrimento
E por tudo isso eu lamento
Mas um caminho eu segui
No melhor caminho de todos
Não fiquei mais sem modos.

Sempre no caminho certo
Cá estou sabendo do correto
Sem mais erros para futuros arrependimentos
Não me preocupo mais com os antigos lamentos
Só digo que evoluí
Evoluí a minha mente
Para uma coisa bem mais fluente
Que o antigo caminho.

Sabendo que o novo caminho é estreito
Mas sempre consigo acompanhar ele
Tombando também
Não é problema pra ninguém
Mas hoje olho pra trás
Vejo o que me fez pensar
E quem me fez seguir este caminho
Hoje agradeço, por tudo que passei
Para minha evolução
Para o que sou hoje.

1 comentários:

fernanda disse...

lindo *-*
parabéns :D

Postar um comentário